08 outubro 2018

Felicidade por um fio

| |
Vamos começar falando que não é só um filme sobre cabelo, tão pouco um mero romance. Na verdade para mim foi um filme sobre as loucuras que a gente faz para se encaixar, para parecer "o bastante" para os outros, para parecer perfeita. O filme tem um roteiro simples e mesmo assim tocou bem fundo no meu ego*. Eu não sou uma mulher negra, logo eu não posso falar com propriedade sobre o assunto, entretanto  como mulher nada me impede de questionar sobre essa amarras estéticas e comportamentais que o filme aborda.
No filme acompanhamos Violet Jones (Sanaa Lathan) em um momento difícil da vida, onde ela tem que lidar com a pessoa que ela é e o tipo de pessoa que ela quer ser. Parece simples, mas durante o filme ela vai desconstruindo vários esteriótipos que foram embutidos nela desde a infância até a vida adulta. Um filme produzido pela Netflix e dirigido por Haifaa Al Mansour esse filme sobre aceitação e autoconhecimento, sem dúvida vale apena ser visto!  

* Na teoria freudiana, a personalidade psíquica do indivíduo, de que este está consciente e que exerce a função de controle sobre o seu comportamento. Conceito que o indivíduo tem de si mesmo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário