11 janeiro 2016

Mentiras que Confortam - Randy S. Meyers

| |
O livro conta com a presença de quatro protagonistas, Tia, Juliette, Nathan e Caroline. Onde cada um em seu capítulo, apresentam sua perspectiva única da história. É um bom livro, pois apesar da quantidade de mentiras contadas, ter quase me tirado do sério, ainda assim não consegui abandoná-lo.

Tia é a amante iludida que acha que por estar grávida, Nathan largaria tudo para ficar com ela.

Juliette é a esposa complacente que acredita no marido, e que faz vista grossa para que a vida "perfeita" continue no lugar.

Nathan é um cretino normal, do tipo que usa a desculpa de que "a carne é fraca". 

Caroline por sua vez, não é bem um ícone de maternidade, o que não a torna má, só despreparada.

Aí você me pergunta o que todos tem em comum e eu digo:
Nathan traiu Juliette com Tia, gerando uma criança que foi adotada por Caroline. Sim eu resumi muito a trama, mas garanto que esse "drama mexicano" é bem menos simples do que se imagina, e bem mais encantador do que eu esperava.

Sinopse: 

Cinco anos atrás...
Tia apaixonou-se obsessivamente por um homem por quem nunca deveria ter se apaixonado. Quando engravidou, Nathan desapareceu, e ela entregou seu bebê para a adoção.
Caroline adotou um bebê para agradar o marido. Agora ela questiona se está preparada para o papel de esposa e mãe.
Juliette considerava sua vida perfeita: tinha um casamento sólido, dois lindos filhos e um negócio próspero. E então ela descobre o caso de Nathan. Ele prometeu que nunca a trairia novamente, e ela confiou nele.
Hoje...
Tia ainda não superou o fim do seu caso com Nathan. Todos os anos ela recebe fotos de sua garotinha, e desta vez, em um impulso, decide enviar algumas delas para a casa do ex-amante. É Juliette quem abre o envelope. Ela nunca soube da existência da criança, e agora precisa desesperadamente descobrir quantas outras mentiras sustentaram o seu casamento até hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário