13 maio 2015

Magic the gathering

| |

Para quem não conhece esse é um jogo de cartas no estilo trading card game (TCG), onde você assume o papel de um mago com o grimório (que é o seu baralho, também chamado de deck) correspondente a cor ou as cores de sua preferência. Cada jogador começa o jogo com 20 pontos de vida, logo o seu objetivo é fazer o oponente chegar a 0 pontos de vida, ganhando assim o jogo. Mas isso não é uma tarefa simples, sendo necessário que tenha uma estratégia definida, além de um bom grimório e é claro, domínio sobre ele.


Cada cor corresponde a um tipo de mana (Mana seria a "substância da qual a magia é feita", ela é como a essência de força que forma a alma, não só das pessoas, mas dos animais e dos objetos inanimados). Cada cor tem uma personalidade de jogo e consequentemente um modo de batalha. A mana branca representa a ordem, a proteção, a luz e a lei; A mana azul a trapaça, a lógica, a ilusão, o conhecimento e a manipulação; A mana preta representa o medo, a morte, o egoísmo, a ambição e a escuridão; A mana vermelha representa a fúria, a paixão, a liberdade, o fogo e o impulso. A mana verde por sua vez representa a força, a ferocidade e a vida.



Planeswalkers, ou Planinautas, são seres poderosos que acenderam sua Centelha e por isso podem viajar pelos planos do Multiverso de Magic sem serem destruídos. Existem tantos mundos quanto se pode imaginar, e os Planinautas são os únicos capazes de viajar entre eles. No jogo eles são cartas poderosas, muito cobiçadas entre os jogadores.


Vale ressaltar que nem só de criaturas se faz o deck, também existem feitiços, artefatos, terrenos... enfim, que irão auxiliar na mecânica do jogo que na minha opinião é, além de simples, muito divertido. Caso queiram saber mais sobre o jogo clique aqui, e seja redirecionado para o site oficial do jogo no Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário