24 junho 2014

Velha e louca

| |


Sim, é como me sinto no momento. Não sei se é por estar às vésperas do meu aniversário, ou se é pelos fatos presenciados recentemente. A questão é que eu sou uma pessoa romântica e saudosista, e esses últimos dias me fizeram pensar em coisas como,  o que tem feito as pessoas felizes? O que traz satisfação real a elas? Sabe, como aquele formigamento no peito que fez o coração do Grinch triplicar de tamanho.

Não estou falando de baladas, restaurantes e selfies. Estou falando de demonstração de afeto, pois na minha concepção parece que nada mais é feito em casa, com carinho e tempo livre. Eu também não estou falando de responder de imediato uma chamada do whatsapp, eu estou falando de coisas antigas, de café da tarde com conversa, de agasalho de crochê, de amor em geral. 

Tenho 27 anos e no mundo atual me sinto antiga e confusa ao perceber que as pessoas se surpreendem com coisas simples que antes eram passadas de geração em geração. Como cozinhar, bordar ou até mesmo reaproveitar. Essa história de DIY não é coisa de gringo que inventaram agora. O DIY (Do It Yourself), ou seja, FAÇA VOCÊ MESMO, nada mais é do que o artesanato em si, que as pessoas olham como se fosse um bicho de sete cabeças, quando na verdade é só o resultado de alguém que resolveu tirar a bunda da cadeira e fazer algo construtivo.

Com isso tudo concluo que não vou mudar. Vou continuar elogiando, produzindo e amando, e  você, se quiser um pouquinho mais de felicidade, faça  o mesmo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário